José Bergamín: o esboço biográfico de um intelectual esquecido

Douglas de Freitas Pereira

Revista Tempos Históricos • Vol. 25, n. 1 (2021) • e-ISSN: 1983-1463

RESUMO

Este artigo tem por objetivo esboçar uma biografia intelectual de José Bergamín, um dos escritores mais paradoxais da Espanha do século XX. A análise, a princípio, irá se deter nos primeiros anos de destaque do escritor durante a década de 1920 até a sua ascensão como um dos principais intelectuais espanhóis na década de 1930. Em seguida, o artigo irá tratar do exílio após o término da Guerra Civil Espanhola, sendo este dividido em dois momentos: de 1939 a 1954 e entre os anos de 1963 e 1970. Por fim, o artigo se voltará para os últimos anos de Bergamín na Espanha, onde morreu em 1983. Assim, a intenção do artigo é a de apresentar o escritor ainda pouco conhecido no Brasil, demonstrar a singularidade do seu pensamento, o lugar que ocupou na vida intelectual e o significado de ser escritor comprometido com a Segunda República Espanhola.

PALAVRAS-CHAVE

José Bergamín; Literatura Espanhola; História Intelectual Espanhola.

Iván López Cabello

Université de Bretagne Occidentale / Héritage et Création dans le Texte et l'Image (HCTI - UR 4249)

More Posts - Website


OpenEdition le sugiere que cite este post de la siguiente manera:
Iván López Cabello (1 de enero de 2021). José Bergamín: o esboço biográfico de um intelectual esquecido. LAS IDEAS LIEBRES. Recuperado 17 de julio de 2024 de https://doi.org/10.58079/qkze


Publicado por

Iván López Cabello

Université de Bretagne Occidentale / Héritage et Création dans le Texte et l'Image (HCTI - UR 4249)

Buscar en OpenEdition Search

Se le redirigirá a OpenEdition Search